Definir os preços certos para aluguel é um ato de equilíbrio. Preço seus produtos muito baixos, e você pode ver muito uso sem obter qualquer lucro. Preço-los muito alto, e você provavelmente vai alugá-los com menos freqüência e atrair menos clientes conscientes dos preços.No final, as empresas de aluguel precisam fazer o dever de casa. Eles devem considerar preços de compra, depreciação, manutenção e outras despesas, como custos de remessa e entrega. No entanto, há mais nos preços do que apenas executar os números. Fazer as contas é necessário para calcular quando você vai equilibrar, o que deve fazer parte do processo. Mas é igualmente importante entender o campo de jogo e estudar o mercado antes de precificar seu equipamento de aluguel.O primeiro passo para obter esse entendimento é delinear as escolhas que seus clientes têm. Você precisa conhecer suas opções. Passe algum tempo pensando sobre as alternativas que podem substituir seu produto. Você está competindo com clientes comprando equipamentos em vez de alugar? Ou talvez você primeiramente concorra com empresas que alugam produtos similares. Nesse caso, verifique quanto eles cobram e procure por lacunas.Essencialmente, existem duas maneiras de determinar o preço certo para o seu equipamento de aluguel: calcular o custo mais a margem e usá-lo como ponto de partida, seguido por pesquisar o mercado e se posicionar em algum lugar ao longo do espectro. Embora a maioria das empresas de locação use essas técnicas separadamente, elas são mais poderosas quando combinadas. Vamos abordá-los com mais detalhes, para que você tenha uma estratégia confiável para avaliar seus aluguéis.Olhando em: custo mais margemA primeira abordagem, que calcula seu custo mais a margem, ajuda a determinar o que você precisa cobrar para administrar um negócio rentável de aluguel. Você pode fazer isso calculando o custo de propriedade de seu equipamento (que inclui os elementos mencionados no início, como preços de compra, depreciação, manutenção e outras despesas). Depois de conhecer seu ponto de equilíbrio, você pode começar a analisar as margens e definir algumas metas de receita. Se você precisa de US $ 40.000 para empatar e quer US $ 40.000 em lucros, você precisa de US $ 80.000 de receita.Na próxima etapa, você pode começar a brincar com os números. Por exemplo, quando você cobra R $ 80,00 por dia por um produto, é necessário alugá-lo por 1.000 dias. Com um inventário de dez itens de estoque, você precisa alugá-los 100 dias cada. Claro, este é um exemplo simplificado com apenas um produto e sem uma taxa de desconto por períodos mais longos. O ponto é que é sobre explorar as possibilidades até você pousar em algum lugar que pareça certo.Embora essa seja uma maneira relativamente simples de explorar os preços base, essa não é a única maneira de chegar lá. E como esse processo funciona de dentro para fora, a fórmula não leva em conta seus clientes e concorrentes. É por isso que esse método sozinho pode não ser suficiente para escolher o número correto.Olhando para fora: pesquise no mercadoOutra abordagem para definir taxas de aluguel (e ganhar mais perspectiva no processo) é fazendo pesquisa de mercado. O objetivo é obter uma visão das práticas padrão em seu setor de locação e definir um benchmark. Você pode fazer isso analisando empresas que alugam produtos comparáveis ​​e como se posicionam. Eles são uma escolha premium na indústria? Eles são low-balling outras empresas? Ou eles estão em algum lugar no meio? Analisar os concorrentes diretos faz com que você perceba a quem está enfrentando e pode até descobrir oportunidades das quais poderia ter perdido o contrário.Além de estudar contra quem você é, é útil reunir insights sobre clientes em potencial porque, bem, eles são os que vão alugar de você. Quais preços eles estão dispostos a pagar por aluguéis? Quão grande é a influência do preço no processo de tomada de decisão? Perguntas como essas ajudam você a entrar na mente de seus clientes e garantir que você alcance uma taxa razoável para o seu equipamento de aluguel. Esse método influencia fatores externos e ajuda a descobrir oportunidades relacionadas a preços em seu setor de locação.Avançar e precificar seus aluguéisNão há uma abordagem universal para escolher o preço perfeito para o aluguel de equipamentos. Toda empresa tem um conjunto único de produtos, e todo mercado exige uma estratégia diferente. O melhor conselho é fazer sua lição de casa e decidir o que é melhor para você e seus clientes. Depois de obter uma compreensão profunda do seu negócio e do mercado em que você está operando,

Estratégias de preços para empresas de locação: uma abordagem em duas etapas

Definir os preços certos para aluguel é um ato de equilíbrio. Preço seus produtos muito baixos, e você pode ver muito uso sem obter qualquer lucro. Preço-los muito alto, e você provavelmente vai alugá-los com menos freqüência e atrair menos clientes conscientes dos preços.

No final, as empresas de aluguel precisam fazer o dever de casa. Eles devem considerar preços de compra, depreciação, manutenção e outras despesas, como custos de remessa e entrega. No entanto, há mais nos preços do que apenas executar os números. Fazer as contas é necessário para calcular quando você vai equilibrar, o que deve fazer parte do processo. Mas é igualmente importante entender o campo de jogo e estudar o mercado antes de precificar seu equipamento de aluguel.

O primeiro passo para obter esse entendimento é delinear as escolhas que seus clientes têm. Você precisa conhecer suas opções. Passe algum tempo pensando sobre as alternativas que podem substituir seu produto. Você está competindo com clientes comprando equipamentos em vez de alugar? Ou talvez você primeiramente concorra com empresas que alugam produtos similares. Nesse caso, verifique quanto eles cobram e procure por lacunas.

Essencialmente, existem duas maneiras de determinar o preço certo para o seu equipamento de aluguel: calcular o custo mais a margem e usá-lo como ponto de partida, seguido por pesquisar o mercado e se posicionar em algum lugar ao longo do espectro. Embora a maioria das empresas de locação use essas técnicas separadamente, elas são mais poderosas quando combinadas. Vamos abordá-los com mais detalhes, para que você tenha uma estratégia confiável para avaliar seus aluguéis.

Olhando em: custo mais margem
A primeira abordagem, que calcula seu custo mais a margem, ajuda a determinar o que você precisa cobrar para administrar um negócio rentável de aluguel. Você pode fazer isso calculando o custo de propriedade de seu equipamento (que inclui os elementos mencionados no início, como preços de compra, depreciação, manutenção e outras despesas). Depois de conhecer seu ponto de equilíbrio, você pode começar a analisar as margens e definir algumas metas de receita. Se você precisa de US $ 40.000 para empatar e quer US $ 40.000 em lucros, você precisa de US $ 80.000 de receita.

Na próxima etapa, você pode começar a brincar com os números. Por exemplo, quando você cobra R $ 80,00 por dia por um produto, é necessário alugá-lo por 1.000 dias. Com um inventário de dez itens de estoque, você precisa alugá-los 100 dias cada. Claro, este é um exemplo simplificado com apenas um produto e sem uma taxa de desconto por períodos mais longos. O ponto é que é sobre explorar as possibilidades até você pousar em algum lugar que pareça certo.

Embora essa seja uma maneira relativamente simples de explorar os preços base, essa não é a única maneira de chegar lá. E como esse processo funciona de dentro para fora, a fórmula não leva em conta seus clientes e concorrentes. É por isso que esse método sozinho pode não ser suficiente para escolher o número correto.

Olhando para fora: pesquise no mercado
Outra abordagem para definir taxas de aluguel (e ganhar mais perspectiva no processo) é fazendo pesquisa de mercado. O objetivo é obter uma visão das práticas padrão em seu setor de locação e definir um benchmark. Você pode fazer isso analisando empresas que alugam produtos comparáveis ​​e como se posicionam. Eles são uma escolha premium na indústria? Eles são low-balling outras empresas? Ou eles estão em algum lugar no meio? Analisar os concorrentes diretos faz com que você perceba a quem está enfrentando e pode até descobrir oportunidades das quais poderia ter perdido o contrário.

Além de estudar contra quem você é, é útil reunir insights sobre clientes em potencial porque, bem, eles são os que vão alugar de você. Quais preços eles estão dispostos a pagar por aluguéis? Quão grande é a influência do preço no processo de tomada de decisão? Perguntas como essas ajudam você a entrar na mente de seus clientes e garantir que você alcance uma taxa razoável para o seu equipamento de aluguel. Esse método influencia fatores externos e ajuda a descobrir oportunidades relacionadas a preços em seu setor de locação.

Avançar e precificar seus aluguéis
Não há uma abordagem universal para escolher o preço perfeito para o aluguel de equipamentos. Toda empresa tem um conjunto único de produtos, e todo mercado exige uma estratégia diferente. O melhor conselho é fazer sua lição de casa e decidir o que é melhor para você e seus clientes. Depois de obter uma compreensão profunda do seu negócio e do mercado em que você está operando,


Advertisement